Valborg e Majfest

Este é com certeza o meu post predileto do blog, eu ainda não comecei a escrever, mas eu sei que será meu favorito porque vou falar sobre o Valborg e o Majfest. Infelizmente não teremos as comemorações esse ano por causa da pandemia (e estou bem triste por isso), então só me resta escrever.

Mas afinal de contas, o que é Valborg e Majfest?

Vou começar pela história mais antiga, a tradição que deu início ao festival. Segundo o livro Círculos Sagrados Para Mulheres Contemporâneas: Práticas, Rituais e Cerimônias Para o Resgate da Sabedoria Ancestral e a Espiritualidade Feminina, de Mirella Faur, na tradição teutônica e nórdica o Blot (sabbat) era formado por duas celebrações: o Walpurgsnacht, no dia 30 de abril e o Majfest no dia 1º de maio.

O Walpurgsnacht era dedicado às práticas mágicas de purificação e exorcismo ao redor da fogueira. A noite era dedicada à uma antiga Deusa da fertilidade da terra, o nome da Deusa variava dependendo da região. Nessa noite a Deusa fechava o ciclo da escuridão e do frio e expulsava todos os maus espíritos, azares e doenças do inverno.

Já o Majfest, o dia seguinte, era um dia alegre no qual celebravam os poderes da luz. Havia muita dança ao redor do mastro, procissões nos bosques e encenações da luta dos deuses, a anciã e o rei “perdiam”para a donzela e o príncipe (arquétipos dos Deuses antigos).

Foto:  Toa Heftiba | Unsplash

A história cristã

Conta-se que por volta de 710 E.C. nasceu uma menina chamada Walburga na Inglaterra. Ela teria estudado medicina e se tornado missionária cristã na Alemanha, onde converteu a população local ao cristianismo. Santa Walburga também era bastante conhecida por repelir a bruxaria. No século 19 milhares de peregrinos visitavam suas relíquias em busca de bençãos.

A Santa foi canonizada em 870 E.C e o seu dia de homenagem foi escolhido no dia do festival pagão com a intenção de cristianizar a festa, como aconteceu com praticamente todas as festas cristãs que conhecemos hoje.

Valborg e Mejfest na Suécia

Na Suécia, o Valborgsmässoafton (Valborg como é comumente chamada pelos suecos), como conhecemos hoje remonta à Idade Média. E não tem nada de religioso, a festa é simplesmente a comemoração da chegada da primavera. Na Idade Média o ano administrativo terminava em 30 de abril e os comerciantes e artesãos das cidades celebravam com música, dança, doces, travessuras e se preparavam para a comemoração da primavera.

O primeiro de maio é um grande festival popular nas partes mais meridionais e meridionais da Suécia. Na véspera do festival, enormes fogueiras, que devem ser acesas com duas pederneiras, brilha em todas as colinas.

 Frazer, James G. (1961). O novo ramo dourado . Livros âncora. p. 356

No sul da Suécia também havia uma antiga tradição que fazia com que os mais jovens fossem para a floresta durante o crepúsculo para colher galhos e plantas para enfeitar as casas das vilas.

Outra tradição sueca são as cantorias, essas duram até hoje e são diversas músicas folclóricas cantadas durante as festividades.

Uma tradição mais recente surgiu na cidade de Uppsala no ano de 1975. Os estudantes passaram a celebrar a chegada da primavera fazendo rafting no rio Fyris com jangadas bastante precárias.

Aqui em Estocolmo costumam ter fogueiras acesas em diversos parques locais. O ano passado fomos no Rålambshovsparken e foi incrível.

Foto: Bia Oliver (arquivo pessoal)

O 1º de maio é feriado público na Suécia desde 1939 e alguns suecos marcam esse dia de folga dos trabalhadores tradicionais, participando de uma ou outra das manifestações do primeiro de maio que desfilam pelas ruas de sua cidade ou vila, sob faixas com slogans clássicos. Mas há aqueles que preferem passar o dia dormindo, afinal passou a noite acordado comendo e bebendo ao lado da fogueira na noite anterior.

E aí? Gostaram de conhecer a história do Valborg? Comenta aqui embaixo 😉

1 comentário Adicione o seu

  1. Carol disse:

    Uau!
    Muito interessante!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s